Tag: baixa autoestima

3 tipos de reflexo da baixa autoestima

fevereiro 10

Eu amo conversar com mulheres e conhecer as histórias de vida de cada uma delas. Em cada conversa, consigo perceber sua autoestima, que se reflete nas atitudes e palavras. Esse é um assunto que tem me cercado muito nos últimos dias, por isso, decidi mostrar para vocês três tipos de mulheres que, convivendo com elas, eu percebo a baixa autoestima.

1 – Mulheres que promovem a si mesmas

Sabe aquelas mulheres que sempre estão falando do que possuem, das coisas que compram e promovem a si mesmas? Pois é, essas mulheres tem baixa autoestima e fazem isso porque, na verdade, se sentem insuficientes e a autopromoção faz elas se sentirem aceitas. Na cabeça dessa mulher, quanto mais ela provar que tem o melhor carro, a melhor casa, o marido mais romântico, a vida mais perfeita, ela se sentirá “parte” do grupo de pessoas que ela quer se relacionar. Porém, no final das contas, ela se torna uma pessoa mal vista, porque dá a impressão de “se aparecer” e ser antipática. Ela é aquela mulher que não fala de suas dores ou dos desafios da vida porque tem medo de que os outros conheçam suas fraquezas. São mulheres que aparentam estar sempre felizes quando, na verdade, não estão.

2 – Mulheres que se menosprezam

Aqui está o oposto. Essas mulheres se menosprezam, se acham insuficientes em tudo: no trabalho, nos relacionamentos, em várias areas da vida. Normalmente são ofendidas e se magoam facilmente. É preciso muito cuidado para lidar com mulheres assim, porque são sensíveis e se sentem inferiores a outras pessoas. Elas são negativas e acham que o “mundo perfeito” não é alcançável à ela.

tumblr_nhvzeiMQcj1spnyg9o1_500

3 – Mulheres que dizem “não se importar”.

São aquelas mulheres que não se preocupam com sua aparência, que não cuidam de si mesmas com a desculpa de que não se importam. Eu conheço várias assim. Elas se sentem feias, não gostam do que veem no espelho e, ao invés de mudar a situação, elas satirizam a si mesmas, disfarçando a baixa autoestima. Fazer piada de si mesma é uma das maneiras que elas encontram para disfarçar o que sentem. Quem vê de fora pensa que ela é bem resolvida com a sua vaidade, quando de fato, não é e gostaria de cuidar mais de si mesma.

girl_photography_rose_ir_flower-95ff7f80413647c52d0ce091b24ebe1e_h

Você conhece alguma mulher com essas características? Se sim, não as julgue. Elas precisam de sua ajuda, ainda que não reconheçam isso. Se tornaram assim por alguma razão e essas feridas precisam ser curadas. Elas precisam de compreensão e não de condenação. Olha para elas com os olhos de Deus.

E se você se identificou com alguma dessas características, peça a Deus que sare suas feridas internas, tente conhecer a si mesma e as razões que te levaram a ser uma pessoa assim. Mude suas atitudes, exercite o amor próprio, valorizando seus talentos e habilidades. Não esqueça que você é única e que ninguém pode fazer e ser aquilo que Deus sonhou exclusivamente para ti.

Que Deus te abençoe!

Captura-de-Tela-2014-06-18-às-14.44.34