Tag: mulher

Saúde: Bruxismo

junho 23

 

Olá leitoras! Hoje vamos falar sobre o bruxismo, pois muitas vezes você pode estar sofrendo deste problema e não sabe.

Você já acordou com os músculos da sua boca doloridos ou com dor de cabeça? Se sua resposta for sim, você pode estar sofrendo do que chamamos de bruxismo –  movimento de ranger ou um forte apertar dos dentes . O Bruxismo é uma desordem funcional que ocorre mais comumente durante o sono e de forma involuntária.

bruxismo-disfuncao-DTM-mandibula

As causas dele são multifatoriais, mas entre as mais comuns temos: Posicionamento incorreto dos dentes da arcada dentária, alterações psicológicas, tensão emocional e muitas vezes a questão genética também pode estar relacionadas a este distúrbio.

156843_87120_63837

O tratamento é individualizado para cada paciente, sendo sempre analisado o paciente como um todo. Mas seguem algumas soluções para alguns casos:

– Uso de aparelhos que reposicionam a língua e maxilares, devolvendo a postura ideal;

– Placas rígidas que ajudam a reduzir o atrito entre os dentes, prevenindo o desgaste dentário ou fraturas;

– Uso de toxina botulínica na região muscular envolvida;

– Além de avaliação psicológica a fim de aliviar as tensões emocionais.

O bruxismo não é um transtorno perigoso. No entanto, ele pode causar um dano permanente aos seus dentes. Por isso, é importante procurar ajuda quando :

Seus dentes estão desgastados, danificados ou sensíveis

Você apresenta dor na mandíbula, na face ou nos ouvidos

Outras pessoas reclamam que você faz ruídos enquanto dorme

Sua mandíbula não abre e fecha completamente

Você perceber que seu filho, por exemplo, está rangendo ou apertando os próprios dentes, ou se ele apresenta, ainda, outros sinais ou sintomas de bruxismo   

Esperam que tenham gostado! E se tiverem dúvidas, entrem em contato!

Abraços, Tamara Bacci

Captura de Tela 2015-06-09 às 21.15.35

 

 

 

5 coisas que as mulheres incríveis tem em comum

maio 15

Eu amo trabalhar com mulheres! Estou rodeada delas todos oss dia e, com cada uma, aprendo algo novo. Às vezes aprendo o que devo fazer e, outras vezes, como NÃO devo ser. Então, decidi escrever neste post cinco características que as mulheres devem ter, de acordo com meu ponto de vista.

1 – Elas são gentis com todo o tipo de gente!

As mulheres mais incríveis que eu conheço são simpáticas e atenciosas com todas as pessoas. Não importa se a pessoa é rica ou pobre, se está bem vestida ou não, ou qual é a situação do momento. Sua gentileza vai além da obrigação e fazem isso com naturalidade. Essas mulheres não olham de cima para baixa, mas de frente, considerando o outro como a si mesmas.

Old Hand Care Elderly

2 – Dão importância à vida dos outros

Elas olham no olho e demonstram real interesse pelo assunto que a outra pessoa está falando. Não fala de si mesma, mas põe atenção nas histórias de vida das pessoas, faz perguntas, não fica no celular ou desatenta. Aprendi com elas que devemos valorizar cada pessoa que passa em nosso caminho.

coffee-date-800x400

3 – Sempre dão uma palavra de ânimo

São mulheres que, por pior que seja o dia, elas sempre tem uma palavra de encorajamento para nos dar. Muitas vezes elas estão passando por momentos difíceis, mas tiram energia lá do fundinho do coração e abençoam à outras. Não são mulheres mal humoradas, tipo limão azedo, são mulheres abençoadoras.

4 – Sempre tem um novo sonho

Elas não tem apenas um sonho, tem vários. E a medida em que vão realizando-os, criam outros sonhos. Por isso, estão sempre em atividade, buscando algo novo e isso as fazem motivar outras pessoas. Esses novos sonhos e projetos são o combustível que as mantem vivas!

woman-looking-out-windows-urban-city-view-skyscrapers-evening-night-blue-black-white_troy-house-photography

5 – Expõem suas fraquezas.

Elas não são invencíveis e sabem disso. Elas não tem problema nenhum em exporem suas fraquezas, suas dores e o que aprenderam com isso. Pelo contrário: elas usam isso para crescerem, amadurecerem e ajudarem a outros. E quando elas o fazem, quebram com toda a ideia de mulher perfeita (que, de fato, não existe) e permitem que façamos parte de suas vidas.

Espero que essas mulheres te abençoem, assim como me abençoam. E espero que sejamos cada vez mais parecidas com elas.

Bom final de semana, gurias!

Deus é contigo!

Captura-de-Tela-2014-06-18-às-14.44.34

3 tipos de reflexo da baixa autoestima

fevereiro 10

Eu amo conversar com mulheres e conhecer as histórias de vida de cada uma delas. Em cada conversa, consigo perceber sua autoestima, que se reflete nas atitudes e palavras. Esse é um assunto que tem me cercado muito nos últimos dias, por isso, decidi mostrar para vocês três tipos de mulheres que, convivendo com elas, eu percebo a baixa autoestima.

1 – Mulheres que promovem a si mesmas

Sabe aquelas mulheres que sempre estão falando do que possuem, das coisas que compram e promovem a si mesmas? Pois é, essas mulheres tem baixa autoestima e fazem isso porque, na verdade, se sentem insuficientes e a autopromoção faz elas se sentirem aceitas. Na cabeça dessa mulher, quanto mais ela provar que tem o melhor carro, a melhor casa, o marido mais romântico, a vida mais perfeita, ela se sentirá “parte” do grupo de pessoas que ela quer se relacionar. Porém, no final das contas, ela se torna uma pessoa mal vista, porque dá a impressão de “se aparecer” e ser antipática. Ela é aquela mulher que não fala de suas dores ou dos desafios da vida porque tem medo de que os outros conheçam suas fraquezas. São mulheres que aparentam estar sempre felizes quando, na verdade, não estão.

2 – Mulheres que se menosprezam

Aqui está o oposto. Essas mulheres se menosprezam, se acham insuficientes em tudo: no trabalho, nos relacionamentos, em várias areas da vida. Normalmente são ofendidas e se magoam facilmente. É preciso muito cuidado para lidar com mulheres assim, porque são sensíveis e se sentem inferiores a outras pessoas. Elas são negativas e acham que o “mundo perfeito” não é alcançável à ela.

tumblr_nhvzeiMQcj1spnyg9o1_500

3 – Mulheres que dizem “não se importar”.

São aquelas mulheres que não se preocupam com sua aparência, que não cuidam de si mesmas com a desculpa de que não se importam. Eu conheço várias assim. Elas se sentem feias, não gostam do que veem no espelho e, ao invés de mudar a situação, elas satirizam a si mesmas, disfarçando a baixa autoestima. Fazer piada de si mesma é uma das maneiras que elas encontram para disfarçar o que sentem. Quem vê de fora pensa que ela é bem resolvida com a sua vaidade, quando de fato, não é e gostaria de cuidar mais de si mesma.

girl_photography_rose_ir_flower-95ff7f80413647c52d0ce091b24ebe1e_h

Você conhece alguma mulher com essas características? Se sim, não as julgue. Elas precisam de sua ajuda, ainda que não reconheçam isso. Se tornaram assim por alguma razão e essas feridas precisam ser curadas. Elas precisam de compreensão e não de condenação. Olha para elas com os olhos de Deus.

E se você se identificou com alguma dessas características, peça a Deus que sare suas feridas internas, tente conhecer a si mesma e as razões que te levaram a ser uma pessoa assim. Mude suas atitudes, exercite o amor próprio, valorizando seus talentos e habilidades. Não esqueça que você é única e que ninguém pode fazer e ser aquilo que Deus sonhou exclusivamente para ti.

Que Deus te abençoe!

Captura-de-Tela-2014-06-18-às-14.44.34

 

Tramontina de Carlos Barbosa

março 22

Cheguei em casa exausta e já estou escrevendo esse post! Isso porque estou super feliz por tudo o que rolou na palestra para as funcionárias da Tramontina, de Carlos Barbosa!

DSC_0276

O evento aconteceu no Salão Paroquial da cidade e foi tudo organizado com muito carinho e excelência pelas meninas do RH. Elas pensaram em tudo: estrutura, presentes, conforto, mimos…

E a mulherada lotou o lugar! Foram quase mil mulheres presentes!

DSC_0315

DSC_0351

A palestra que ministrei se chama Moda Como Aliana: Unido Estilo com Autoestima e foi realizada em comemoração ao mês da mulher.

O mais bacana é que filmei tudiinho e já vou começar a editar o vlog! Na segunda ou na terça já posto para vocês verem. Mostrei tudo, desde o que usei para fazer minha maquiagem, até os detalhes do que rolou no evento! Tenho certeza de que vocês vão gostar! 🙂

DSC_0304

Quero agradecer cada uma das mulheres que estiveram lá e fizeram esse evento acontecer! Não há nada mais gratificante para mim que receber o abraço de vocês e as palavras de carinho!

E quero deixar aqui meu MUITO OBRIGADO às meninas da area de Desenvolvimento, do RH da Tramontina de Carlos Barbosa que se empenharam e me receberam com todo o carinho! Vocês foram demais, meninas!

DSC_0399

DSC_0377

Coloquei mais fotos lá na Fanpage do blog. Clique AQUI para ver!

E aguardem o vídeo da semana que vem!!

Um super beijo! 🙂

Captura de tela 2013-09-16 às 10.51.15

Do que você tem medo?

abril 29

Desde pequena eu sempre tive alguns planos traçados pra minha vida, muitos não deram certo porque não eram tão bons quanto eu imaginava, mas os outros, que coincidiam com a vontade de Deus, realizaram-se, estão se realizando e se realizarão. Me casar, iniciar o curso de Jornalismo, fazer minha carteira de motorista (CNH), falar inglês fluente, viajar para regiões do Brasil e estrangeiras, são alguns deles. Mas é sobre um em específico que quero contar, a CNH.

Captura de tela 2013-04-29 às 14.26.14

Minha cunhada tirou a carteira de motorista antes de mim e demonstrava uma facilidade em dirigir que era incrível, sem medo, andava por todos os lados, sozinha, buzinava, já era dona do trânsito de Santa Maria. Pensava eu então, ser muito simples tal processo. Fiz as aulas e graças a Deus fui aprovada de primeira nas provas teórica e prática.

Como eu morava numa cidade de interior (ainda que SM seja também, a minha era mais), estava acostumada com aquele trânsito lento, educado, sem congestionamento. Santa Maria não é assim. É um tumulto. Principalmente na hora que saio para ir para a Universidade. E infelizmente, um dia, eu fiz uma besteira. Cortei a frente de um caminhão que vinha “chutado”. Freei a ponto de apagar o carro e o caminhão passou uns centímetros de mim. Depois daquele dia eu não quis mais dirigir. Chorei como uma criança.

Aí, como eu não tinha outro jeito de ir para as aulas e o meu marido, tentando me ajudar a vencer meus medos, não queria me levar, eu tive que dirigir de novo e acredite, não tinha uma vez que eu não levava um susto. O medo era tanto que todo o dia eu implorava para ele me levar, sem sucesso. Quando era a hora de ir para a aula, eu ficava tão nervosa, que arrisco a dizer que os problemas intestinais que tive diz respeito a esse nervosismo.

Captura de tela 2013-04-29 às 14.43.28

Um dia, no meu momento de devocional, Deus falou comigo. Lembrei de um versículo da Bíblia que diz: …eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século… (Mt. 28:20). Eu entendi que Jesus estava comigo e não disse essa frase como muitas vezes é dito pelas pessoas, “conte comigo”, que na hora da necessidade mesmo não é com todos que podemos contar, mas Ele disse de verdade. Ele estava comigo, Ele estava sempre do meu lado no carro. Eu podia confiar que Ele cuidava de mim. Ah! Depois disso eu pude superar o medo de dirigir e hoje dirijo sempre, sem medo, cantando bem alto (às vezes dançando também, rsrs).

Mais tarde descobri a história da esposa de um pastor que passava a mesma dificuldade que eu e Deus falou as mesmas coisas que falou comigo, com ela. Fiquei feliz. Quem sabe você também tem alguns medos, tudo bem, esses medos só não podem te parar.

Captura de tela 2013-04-29 às 14.53.59

Posso dizer que eu nunca fui uma menina/mulher corajosa, mas depois que eu entendi Quem estava SEMPRE comigo, eu passei a ser.

Vença o seu medo. Um beijo no coração.

Captura de tela 2013-04-07 às 13.20.17

Inspire-se: alpargatas

janeiro 16

Captura de tela 2013-01-16 às 18.24.49

 

Quem mora aqui no Rio Grande do Sul conhece bem as alpargatas, elas fazem parte do traje típico dos gaúchos. Quem não vive no sul já deve ter visto elas por aí, nos pés daqueles que buscam conforto e estilo.

Neste verão, elas voltaram de várias cores, estampas e algumas até com aplicações. O mais bacana ainda é que essa tendência pode ser usada tanto em homens, quanto em mulheres!

Alpargatas para homens

 

alpargatas femininas

 

A marca Havainas lançou sua coleção e são bem fáceis de encontrar, mas e confesso que não curti muito. Achei o acabamento mal feito e com um bico meio estranho.

Existem várias marcas por aí. Se você está a fim de comprar a sua, o preço mais barato que achei foi R$39,90 na Pompéia, e os mais caros normalmente são de marcar como Chanel ou importados.

Para os homens, o site da Toms está vendendo por $44,00 dólares, os modelos são lindos e a qualidade é excelente!

Nos outlets americanos você pode encontrar por até $10,00 dólares!

Eu, certamente, vou aderir à tendência! E você?

Beijos,

Captura de tela 2012-12-06 às 10.42.00

Funny T-shirts!

agosto 12

O calor começa aparecer aqui no sul e já dá vontade de tirar as roupas de verão do guarda-roupa, né? Falando nisso, uma das peças que eu mais curto nos dias de calor são as t-shirts divertidas. Várias marcas já lançaram suas coleções com frases cada vez mais engraçadas e criativas.

Além de serem super confortavéis, elas combinam com tudo: short, calça, saia…

Os modelos são os mais variados e vão desde as mais largas até as mais justas. Além disso,  você pode usar tanto com tênis, quanto com salto. Essa versatilidade das t-shirts que me encantam!

E aí, já escolheu a sua? Beijos!