Tag: viajar para os EUA

Como viajar de avião com bebê

julho 10

Nós viajamos de avião pela primeira vez com o Benjamin quando ele tinha 2 meses e meio, logo após as vacinas e com a liberação do nosso pediatra. Fomos de Los Angeles a Porto Alegre, com escala no México e em São Paulo. Eu e o Tony vivemos em avião, então sabíamos que com o Benjamin não seria diferente, por isso nos preparamos bem e quero compartilhar com vocês as minhas experiências.

1 – Mantenha a calma

Parece óbvio, mas a gente se desespera! Hahaha. É normal bebês chorarem nos vôos, não se preocupe se o seu bebê chorar. Tente manter a calma para acalma-lo também. E não dê atenção aos olhares dos outros, faça essa experiência ser agradável para você e para seu filho. Se você estiver bem, qualquer imprevisto será fácil de resolver. Então, mamãe, respire fundo e mantenha a calma!

 

2 – Peça o berço

Se seu bebê ainda é bem pequeno, o berço do avião é maravilhoso, porque você não vai precisar carregar o bebê no colo o tempo todo. Quando viajamos pela primeira vez, o Ben ainda era pequeno e cabia bem, agora já não cabe mais.

Algumas cia aéreas pedem reserva antecipada, outras não. Confira na hora da compra da passagem. Uma dica importante: O berço, na verdade, é uma lona, mas bem confortável. Eu levei um pano para colocar em baixo, coloquei uma mantinha sobre esse pano para ficar bem aconchegante e outra mantinha sobre o bebê. Não sei se aquela lona estava bem limpa, então essa é uma boa maneira de manter ele encostado naquilo que sei que está limpo.

3 – Use capas no carrinho e bebê conforto

Nós levamos nosso carrinho e o bebê conforto para o Brasil. Despachamos o bebê conforto e ficamos com o carrinho para as conexões, pois é bem mais fácil empurrá-lo do que carregar o peso do bebê conforto. Além disso, no carrinho tem espaço para deixarmos as mochilas e o bebê ainda pode dormir tranquilo.

Mas o mais importante foram as capas que usamos. Elas não protegem muito, mas ajuda a não molhar porque são feitas de lona e ainda tem o aviso de “frágil”que faz com que os funcionários do aeroporto tenham mais cuidado na hora de manejar. Esse é um investimento que vale a pena!

4 – Não esqueça de você

A gente leva todas as roupas possíveis para o bebê, fralda, lenço, brinquedo, etc, mas acaba esquecendo de nós mesmas. Uma dica importante é levar uma peça de roupas para você, caso o bebê vomite, faça xixi ou cocô em você. Melhor prevenir do que viajar horas e horas suja, né?

5 – Óleos Essenciais

Eu amo óleos essenciais. Usei o óleo Peace and Calm da Young Living em um colar que tem uma pedra que absorve o óleo, então além de eu inalar o Benjamin também inalou. No vôo de volta esqueci de usar e ele ficou MUITO mais agitado. Notei muito a diferença!

Meninas, espero que vocês tenham gostado dessas dicas. Como eu falei no início do post, fizemos a primeira viagem dele com 2 meses e meio e essas foram as minhas dicas. Vamos novamente ao Brasil quando ele tiver 7 meses, então acho que teremos experiências diferentes, mas eu conto tudo aqui em outro post.

Super beijo!

Mari Simionato